Bem vindo, Camaçari, 18 de Agosto de 2018

Pitanga tem poderes antioxidantes e agrada pela delicadeza e sabor

Escrito por: Pesquisa Web - Dicas da Gisa - 07 de Maio de 2018

 

Nativa do Brasil, a pitanga é uma fruta pequena e delicada, admirada pela maioria das pessoas devido ao seu sabor azedinho e aroma fresco. Talvez, um de seus únicos “defeitos” seja o fato de não ter espaço no mercado comercial, já que a fruta estraga facilmente e precisa ser colhida manualmente.

Não por acaso, é raro encontrar pitanga à venda em supermercados e feiras livres. Por isso, para quem tem esta possibilidade, a dica é mesmo pegar a pitanga diretamente no pé e usufruir dos seus benefícios (que não são poucos)! Conheça mais sobre a fruta e saiba como usá-la em deliciosas receitas.

4 incríveis benefícios da pitanga
Michelle Mileto Troitinho, nutricionista do Kurotel - Centro Médico de Longevidade & Spa de Gramado (RS), explica que a Eugenia uniflora L (pitangueira) é uma planta que pertence à família das mitárceas. “Tanto as folhas como os frutos da pitangueira possuem propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias, devido à presença de compostos fenólicos (flavonoides, carotenoides e antocianinas) que, por vez, proporcionam muitos benefícios à saúde”, diz.

A nutricionista destaca que os frutos da pitangueira são em formas de bagas, que vão da cor laranja claro até o roxo escuro. “E é a coloração da pitanga que determina a presença dos flavonoides, carotenoides e antocianinas, ou seja: quanto maior a quantidade desses compostos no processo de maturação da pitanga, mais vermelha e ou roxa será a sua coloração”, explica.

Em relação aos benefícios que a pitanga pode oferecer à saúde, Michelle cita como os principais:
1. Prevenção de doenças e envelhecimento precoce: “muitos estudos científicos sugerem que os flavonoides possuem ações anti-inflamatórias, antitumoral, antialérgicas e bloqueiam a ação dos radicais livres, atuando na prevenção das doenças crônicas (diabetes, hipertensão arterial, doenças cardiovasculares) e envelhecimento celular precoce”, explica.

2. Boa saúde do coração: os carotenoides, também presentes na fruta, são associados à redução do risco de desenvolvimento de doenças cardíacas. Além disso, destaca Michelle, algumas pesquisas científicas, realizadas in vitro, demonstraram que a presença das antocianinas na pitanga e nas frutas vermelhas (mirtilo, cranberry) auxiliam na redução da coagulação plaquetária nas doenças coronarianas e no aumento da circulação sanguínea do colesterol HDL (“colesterol bom”).

3. Proteção aos olhos: Michelle explica que os carotenoides são substâncias percursoras da vitamina A, que contribuem para a diminuição do risco da catarata e da degeneração macular.

4. Melhora no sistema imunológico: a nutricionista destaca ainda que os carotenoides, sendo substâncias percursoras da vitamina A, também contribuem para o aumento na eficiência do sistema imunológico.

Michelle acrescenta que a pitanga pode ser consumida na sua forma in natura, em sucos, como polpa congelada, em geleias, licor e vinho. “Não existe uma recomendação máxima diária para o consumo de pitanga”, diz. Vale destacar que, para usufruir dos benefícios que a pitanga oferece, o ideal é consumi-la com frequência e dentro de uma alimentação equilibrada.

Folhas da pitanga
Michelle comenta que alguns estudos realizados com o extrato alcoólicos das folhas da pitangueira observaram a presença dos mesmos compostos fenólicos presentes no fruto, além de propriedades diuréticas, anti-inflamatórias e hipotensora.

Neste contexto, confira os principais usos da folha de pitanga:
Chá de folha de pitanga
Com propriedade hipotensora, o chá de folha de pitanga é visto como uma boa opção especialmente para quem sofre com ansiedade, nervosismo e/ou tem a pressão arterial elevada.

Modo de preparo:
1. Comece fervendo 1 xícara (chá) de água;
2. Quando a água começar a ferver, desligue o fogo e adicione cerca de 5 folhas de pitanga;
3. Cubra com uma tampa por cerca de 5 minutos e depois é só tomar.

O ideal é que o chá seja consumido sem adoçar. Ele pode ser feito em maiores quantidades, sempre respeitando a proporção de até 7 folhas de pitanga para 1 xícara (chá) de água. Mas, é importante consumi-lo também no máximo até 24 horas após o preparo.

Banho com folhas de pitanga
As folhas de pitanga também são usadas em banhos de ervas, tendo função adstringente, contribuindo assim para a limpeza e controle de oleosidade da pele e dos cabelos. Acredita-se ainda que o banho possa ajudar a acalmar e atrair energias positivas. Para o banho de ervas, as folhas de pitanga podem ser colocadas diretamente em uma banheira ou em uma bacia com água – que será, posteriormente, jogada sobre o corpo após o banho tradicional.

Óleo extraído das folhas e dos galhos
Embora não seja popular comercialmente, o óleo extraído das folhas e dos galhos de pitanga possui propriedades importantes, como funções hidratantes, antimicrobianas e anti-inflamatórias. Sendo assim, pode ajudar a hidratar a pele e os cabelos e a suavizar linhas de expressão, entre outras vantagens. Para saber se o óleo é indicado para o seu tipo de pele, e realmente usufruir dos benefícios que pode oferecer, o ideal é consultar um dermatologista.

Já em relação ao consumo da pitanga, ele costuma ser bem indicado, como acontece no caso de outras frutas. Além disso, esta frutinha gostosa, azeda e delicada pode ajudar a compor boas receitas!

Receitas com pitanga que são deliciosas e nutritivas
Inspire-se com deliciosas receitas que têm a pitanga como ingrediente de destaque:
1. Sagu com geleia de pitanga e amora: uma receita vegana, em que o leite condensado é substituído pelo leite de coco fresquinho. Além dele, você usará somente sagu hidratado em água, rapadura ralada, amora e pitanga.

2. Muffins de pitanga: uma receita sem glúten, que leva um pouco de farinha de linhaça para dar liga extra e estrutura à massa (já que esta não leva ovo). A massa docinha com sabor de baunilha combina perfeitamente com o azedinho das pitangas. Além disso, os muffins ficam fofinhos, leves e aerados.

3. Caipiroska de pitanga: de preparo facílimo, essa caipiroska fica gostosa e refrescante. Basta misturar, primeiramente, as pitangas e o açúcar em uma coqueteleira; depois, adicionar a vodka e o gelo e, então, agitar bem a coqueteleira. Depois é só transferir para um copo bonito e se deliciar!

4. Geleia de pitanga funcional: receita perfeita para quem ama versões mais saudáveis e tem uma pitangueira em casa! Para preparar esta geleia, você usará apenas pitangas sem caroço, açúcar demerara, chia e suco de limão.

5. Sorvete de pitanga: a receita usa suco concentrado de pitanga (sem açúcar) pela maior facilidade de encontrá-lo. Mas, quem tem as frutinhas à sua disposição, melhor ainda! Fora isso, o sorvete leva somente leite condensado e leite integral.

6. Minitortinha de pitanga: deliciosa e delicada, ótima opção para servir às visitas, pois ela fica linda e perfumada! A receita é feita com pitangas congeladas, açúcar, amido de milho, farinha de trigo, manteiga, gemas e leite.

Agora você sabe... Como a pitanga é dificilmente encontrada à venda, quem tem essa frutinha à disposição em casa tem sorte grande!

Contraindicações e alertas sobre o consumo
Michelle explica que a única contraindicação e/ou cuidado é com o uso do chá das folhas da pitangueira devido ao seu efeito hipotensor (diminuição da pressão arterial). Ou seja, ele não é indicado para todos. Agora você já sabe que as pitangas são frutinhas delicadas, mas com “grandes poderes” para a saúde, além de serem pra lá de saborosas! Sorte de quem tem uma pitangueira em casa! Fonte: Divas de Mulher*

 

Outras Notícias:

Dicas da Gisa
Escrito por: Pesquisa Web
15 de Agosto de 2018
 Veja Mais
Dicas da Gisa
Escrito por: Sites da Web
14 de Agosto de 2018
 Veja Mais
Dicas da Gisa
Escrito por: Pesquisa Web
14 de Agosto de 2018
 Veja Mais
Dicas da Gisa
Escrito por: Camaçari Notícias
10 de Agosto de 2018
 Veja Mais
Dicas da Gisa
Escrito por: Pesquisa Web
10 de Agosto de 2018
 Veja Mais
 Veja todas as notícias

Buscar em Notícias

Cadastre-se

Receba nossos informativos no seu email:

Enquete

Como está o estado de conservação das ruas e estradas de Camaçari na sua opinião?

Resultado

Praça Desembargador Montenegro, n° 35, Centro,
Camaçari - BA
CEP: 42800-020

71.3627-5293
contato@camacarinoticias.com.br

Navegação Rápida